Procure no Portal

my.FPV

Conselho de Disciplina FPVela
NOME: Afonso Leite
CLUBE :: CLASSE: Clube Naval de Leça
DECISÃO :: INFRAÇÃO :: SUBSTÂNCIA:

Alíneas a) e h) do artigo 12º e a), j) e l) do artigo 13º do RDFDV

Processo Disciplinar Nº1/2011

PARTICIPANTE: COMISSÃO DE PROTESTOS DA 2ª PCR norte das classes 420, laser standart, radial e 4.7

Arguido: AFONSO MOTA FALCÃO LEITE

                Velejador Sénior do Clube Naval de Leça

 

II- Disposições violadas

Da prova resulta bem claro que o arguido Afonso Leite, atleta sénior do clube naval de Leça, cometeu uma grave violação às boas maneiras e ao desportivismo a que se refere a regra 69 como conduta imprópria grave, e violou as disposições das alíneas a) e h) do artigo 12º e a), j) e l) do artigo 13º do Regulamento Disciplinar, agravado pelo facto de ser sénior e maior contra velejadores de menor idade, e por exercer coação sobre praticantes visando obter para o Clube a que pertença vantagens competitivas. Contudo, verifica-se que houve uma confissão, embora parcelar, do arguido, militando ainda a seu favor o facto de não ter antecedentes disciplinares.

III- Decisão e Pena:

Face ao que antecede, a pena aplicável deveria ser, atenta a cumulação de actos, a pena suspensa de uma a cinco anos que, atendendo à circunstância atenuante de ter apresentado desculpa e de não lhe serem conhecidos processos anteriores, mas a agravante de um comportamento reiterado, incompatível com a prática do desportivismo que é apanágio de vela e a intimidação junto de atletas mais jovens que devem ver nos mais velhos um exemplo, bem como as exigências de prevenção de futuras infracções disciplinares, tudo ponderado, aplica-se a pena de suspensão de praticantes por dois anos.

SANÇÃO: 2 anos
FIM PERÍOD. VIGÊNCIA: 2013-06-30

:: Patrocinadores ::

:: Parceiros ::

:: Parceiros Media ::