Procure no Portal

my.FPV

Campeonato Europeu da Classe Laser :: 2017

Terminou o Campeonato Europeu da Classe Laser, em Barcelona. Os velejadores portugueses já regressaram a casa. Veja os resultados.

O pódio deste Europeu ficou preenchido pelo Inglês Nick THOMPSON em 1º, o Italiano Francesco MARRAI em 2º e pelo Cipriota Pavlos KONTIDES em 3º.

A frota portuguesa teve as seguintes prestações:

- Em LASER STANDARD, Rui Silveira (CNH) foi o melhor classificado em 22º lugar, Eduardo Marques (CNC) foi o 44º e Santiago Sampaio (CNC) 71º;
- Em LASER RADIAL, Bernardo Loureiro (CNC) foi o velejador Português melhor classificado em 23º lugar, Lourenço Mateus (ANL) 33º, Miguel Rouxinol (CVVC) 43º, João Peixoto (CVVC) 62º, Guilherme Gomes (CNC) 63º, João Tomás (ST) 68º, Gonçalo Castro Nunes (CNC) 88º e Francisco Cruz (CNC) 93º, em 98 atletas;
- Em LASER RADIAL FEMININO, Carolina João (SAD) foi a melhor portuguesa em 53º e Frederica Franchi (SAD) 68º, em 82 atletas.
Parabéns a todos pelo trabalho e dedicação nesta época desportiva a caminho dos Jogos Olimpicos de Tokyo em 2020.

http://www.europeanslaser2017.com/…/d…/races/race-resultsall

 

Rui Silveira, do CNH, foi 22º no Campeonato Europeu, em Barcelona

Fonte: Gabinete de Imprensa do CNHorta

Rui Silveira no Campeonato do Mundo da Classe Laser 2017

O velejador da Classe Laser do Clube Naval da Horta, (CNH) Rui Silveira, está de parabéns, pois foi 22º classificado no Campeonato Europeu 2017, que decorreu na cidade espanhola de Barcelona.

Nesta competição – que terminou este domingo, dia 8 – participaram 126 atletas, de diferentes países, tendo o velejador faialense conseguido apurar-se no lote dos 25 primeiros, distanciando-se dos restantes portugueses.

Rui Silveira sente-se “bastante cansado” mas muito satisfeito pelo resultado alcançado, o que revela a sua excelente condição física. Esta classificação, sendo o coroar do trabalho e esforço do atleta, representa, também, o regresso ao Alto Rendimento.

Recorde-se que na base deste cansaço acumulado está o facto de Rui Silveira ter participado no Campeonato do Mundo, que decorreu em Split, na Croácia. Depois desse duro desafio – terminado há 15 dias – e sem tempo para restabelecer, este atleta de alta competição entrou na corrida com os melhores da Europa e a verdade é que o Campeonato lhe correu de feição.

Após este desgaste sucessivo que foram os Campeonatos do Mundo e da Europa, que puseram à prova todo o potencial do velejador do Clube Naval da Horta, Rui Silveira revela que vai (merecidamente) abrandar o ritmo até, porque, a presente época chegou ao fim. Contudo, não será por muito tempo, se tivermos em conta que daqui a um mês, sensivelmente, começa a nova temporada para este velejador, que se encontra a trabalhar no Projecto Olímpico que visa os Jogos de 2020, em Tóquio, no Japão.

0
0
0
s2smodern

:: Patrocinadores ::

:: Parceiros ::

:: Parceiros Media ::